Notícias

GESTÃO

Sérgio Queiroz assume a Secretaria Especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania

publicado: 04/03/2020 19h22, última modificação: 05/03/2020 14h54
Procurador da Fazenda da Paraíba, ele ocupava a chefia da Secretaria Nacional de Proteção Global do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

- Foto: Divulgação


Sérgio Augusto de Queiroz é o novo secretário especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (04.03). Natural de João Pessoa (PB), Queiroz é procurador da Fazenda Nacional com mais de 25 anos de dedicação ao serviço público.


A Secretaria Especial do Desenvolvimento Social assessora o ministro da Cidadania na formulação e na coordenação de políticas, programas e ações voltados à renda de cidadania, assistência social, inclusão social e produtiva nos âmbitos rural e urbano, promoção do desenvolvimento humano e cuidados e prevenção às drogas.


Os programas Criança Feliz e Bolsa Família, o Cadastro Único para Programas Sociais, o Sistema Único de Assistência Social e as políticas nacionais de Assistência Social e de Segurança Alimentar e Nutricional compõem parte das atribuições da secretaria.


O novo titular do cargo destaca que o foco inicial do trabalho será a melhoria da gestão e a eficiência do programa Bolsa Família. “Este é um dos principais programas do Governo Federal e queremos aprimorá-lo ainda mais. Também vou trabalhar e terei atenção especial para todos os programas de inclusão produtiva, uma forma de buscarmos a dignificação da pessoa humana, por meio do trabalho e do empreendedorismo”, afirmou Sérgio Queiroz.  


O secretário é graduado em Engenharia Civil (1993) e em Direito (1999) pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), além de graduação em Teologia (FTSA - 2017) e em Psicologia (UFPB - incompleto). Ele tem especialização em Engenharia de Segurança no Trabalho (1995) e MBA em Gestão Pública (em fase de TCC). Sérgio Queiroz ainda possui mestrado livre em Teologia pelo Instituto Bíblico Betel Brasileiro (2003), mestrado em Filosofia pela Universidade Federal da Paraíba (2006) e doutorado em Teologia pela Trinity International University, Chicago (EUA), com validação da PUC/RJ (2016). Iniciou pós-doutorado em direitos sociais na Universidade de Salamanca, na Espanha.

Sérgio Queiroz atuou como técnico da Justiça Federal (1993-1995), auditor fiscal do trabalho (1995-2000) e membro efetivo da transição governamental federal - CETG IV (2018). Foi também secretário nacional de Proteção Global do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (2019/2020). É professor da Faculdade Internacional Cidade Viva e de outras instituições de ensino superior como professor convidado. É membro da Advocacia-Geral da União, como Procurador da Fazenda Nacional, desde 2000.

Foi conselheiro titular dos Conselhos Nacionais do Idoso, do Trabalho, dos Direitos Humanos e de Recursos Hídricos, membro do Ponto de Contato Nacional da OCDE e presidente do Conselho Nacional de Combate à Discriminação. Tem larga experiência no terceiro setor, nos campos da assistência social e em projetos de desenvolvimento social, pela Fundação Cidade Viva, que criou e onde atua como voluntário.

Ele assumiu a Secretaria Nacional de Proteção Global do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos em janeiro de 2019, cargo que ocupava até ser nomeado para o Ministério da Cidadania.

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania

Informações para a imprensa:
http://cidadania.gov.br/salaimprensa/atendimento-a-imprensa