Notícias

No DF, Exército vai comprar R$ 1,3 milhão em alimentos da agricultura familiar

publicado: 06/12/2019 14h00, última modificação: 13/12/2019 17h59
Chamada pública do 11º Depósito de Suprimento Marechal Mário Travassos segue aberta até a próxima quarta-feira (11), as 16h
45738ad7-fcc1-48e6-a85b-e4bdcbbc6c26.jpeg

- Foto: Divulgação

Brasília/DF - O Exército Brasileiro está com chamada pública aberta para a compra de alimentos da agricultura familiar na região de Brasília (DF). O valor do investimento do 11º Depósito de Suprimento Marechal Mário Travassos é de R$ 1,295 milhão. Produtores individuais, cooperativas e associações podem entregar suas propostas até as 16h da próxima quarta-feira (11) na sede do depósito.

A chamada pública, realizada por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), do governo federal, inclui na lista de compras itens variados, como legumes, verduras, frutas, polpas e ovos. Segundo a coordenadora substituta de Aquisição e Distribuição de Alimentos do Ministério da Cidadania, Viviane Albuquerque, a chamada é uma oportunidade para que produtores da região garantam renda fixa por pelo menos um ano.

“Esta chamada pública é uma oportunidade para os agricultores familiares, principalmente do Distrito Federal e de Goiás, por um período de 12 meses. Como é uma chamada pública longa, o agricultor vai ter estabilidade e uma renda certa durante esse período”, comenta Viviane.

Para incentivar pequenos produtores em todo o Brasil, ao menos 30% dos produtos obtidos para alimentação nas instituições públicas federais devem vir da agricultura familiar. A modalidade Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos permite que cada agricultor possa vender até R$ 20 mil, por ano, para cada órgão comprador. Já as cooperativas ou associações têm o teto de R$ 6 milhões por ano, para cada órgão, respeitando o limite máximo por cada agricultor individual.

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania

Informações para a imprensa:
(61) 2024-2266 / 2412
www.cidadania.gov.br/imprensa