Notícias

AGENDA INTERNACIONAL

Na Etiópia, Osmar Terra apresenta programas sociais brasileiros em evento da Universidade de Harvard

publicado: 18/11/2019 14h00, última modificação: 10/12/2019 19h32
Depois de levar experiências exitosas à frente do governo brasileiro para evento na capital africana, Osmar Terra embarca para o Catar para cerimônia de premiação do programa Criança Feliz
99782d0c-9546-46bd-ba35-762ae83fd781.jpeg

- Foto: Carla Barroso

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, participou de um seminário promovido pela Universidade de Harvard durante sua passagem pela Etiópia nesta segunda-feira (18). O Programa para Liderança Ministerial é organizado conjuntamente pela Escola T.H. Chan de Saúde Pública, que integra a Escola de Graduação em Educação e a Escola de Governo Kennedy. Na ocasião, Osmar Terra apresentou programas sociais brasileiros que apresentam bons resultados. “A Universidade de Harvard me convidou para acompanhar e participar de uma capacitação para os ministros dos países africanos na área social, usando a experiência que nós acumulamos durante este período em que eu fiquei à frente da área social do governo”, explicou o ministro.

A ideia é que, ao saírem do evento, os ministros africanos possam otimizar os recursos dos quais já dispõem, por meio de uma gestão mais eficiente, visando melhora dos resultados para a população. “É um convite que me honrou muito, em que dois ou três ex-ministros ou especialistas, além de mim, vamos levar essa formulação pra dezenas de ministros africanos, para a transferência de conhecimento e de informação sobre gestão”, disse.

Além do ministro Terra, compareceram outros 30 ministros de Finanças, Planificação Econômica, Educação, Saúde e Juventude de diversos países africanos, todos ex-alunos do Programa e ainda no exercício das suas funções. Os participantes também acompanharam visitas de campo e formaram grupos de trabalho para traçar planos de ação interministeriais.

Doha

Nesta terça-feira (19), o ministro estará em Doha, no Catar, onde receberá o Wise Awards pelo Programa Criança Feliz. O resultado foi divulgado no início de setembro deste ano. O prêmio reconheceu o trabalho desenvolvido pelo programa do governo federal como uma das principais e mais inovadoras iniciativas do mundo de atenção à primeira infância. “O programa hoje passou de duzentas mil famílias no governo passado para perto de um milhão de famílias em pouco mais de dez meses do governo Bolsonaro. Com o apoio da primeira dama, Michele Bolsonaro, nós conseguimos fazer o programa realmente adquirir uma escala gigantesca que é a maior do mundo hoje, em termos de visita domiciliar”, destacou Terra.

Para a secretária Nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano do Ministério da Cidadania, Ely Harasawa, que acompanha o ministro Terra no Catar, a premiação colabora para a valorização do programa pela sociedade brasileira. “Para nós, é muito importante receber este prêmio, pois ele nos dá um reconhecimento não só internacional, mas ele é um atestado de que essa iniciativa, de que o Criança Feliz é um programa muito importante. E isso também nos ajuda a ter mais reconhecimento nacional, o que para nós é muito relevante.”

Organizada pela Fundação Catar, a iniciativa é considerada uma das mais concorridas e prestigiadas em todo o mundo. O Criança Feliz competiu com mais de 480 projetos de vários países. Além da cerimônia de premiação, a agenda inclui uma série de atividades como visitas a importantes instituições da cidade, mesas-redondas e plenárias. “Esse evento ocorre periodicamente e, na verdade, reúne os maiores especialistas do mundo, para discutir inovação na educação, o que que tem de novo, o que que é importante, o que é transformador na educação. Então, além da premiação, vai haver todo um debate que certamente será muito proveitoso para nós”, explicou o ministro.

Criança Feliz

O programa é coordenado pelo Ministério da Cidadania por meio da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social. Ele atende gestantes e crianças de até três anos do Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal, e de até seis anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). O Criança Feliz integra ações nas áreas da saúde, assistência social, educação, justiça, cultura e direitos humanos.

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania

Informações para a imprensa:
(61) 2024-2266 / 2412
www.cidadania.gov.br/imprensa