Notícias

DESENVOLVIMENTO INFANTIL

Na capital gaúcha, ministro da Cidadania destaca Criança Feliz em evento sobre primeira infância

publicado: 25/11/2019 12h00, última modificação: 11/12/2019 17h42
Osmar Terra foi um dos palestrantes do XIII Seminário da Primeira Infância, ocasião em que elencou as bases científicas que ajudaram a estruturar o Programa conduzido pelo Ministério da Cidadania
58dfa7d9-b7dc-4e40-b5d8-63ef08cb063e.jpeg

- Foto: Mauro Vieira

Porto Alegre/RS - Primeira infância em debate. O ministro da Cidadania, Osmar Terra, participou, nesta segunda-feira (25), do XIII Seminário da Primeira Infância, promovido pelo governo do Rio Grande do Sul. O ministro foi um dos palestrantes do evento, ocasião em que elencou as bases científicas que ajudaram a estruturar o Programa Criança Feliz, conduzido pelo Ministério da Cidadania. A ação tem como estratégia quebrar o ciclo da pobreza ao investir no desenvolvimento dos primeiros anos de vida, valorizando a primeira infância.

“Uma das coisas que me inspirou, pessoalmente, para ir à direção da primeira infância, é: qual é a política pública que pode causar mais impacto? O que realmente muda a vida das pessoas? Penso que devemos tomar a ciência e torná-la em política pública”, apontou Terra. E foi além: "Toda criança nasce com o mesmo potencial, mas seu desenvolvimento dependerá, em muito, dos estímulos que ela irá receber nos primeiros anos de vida. Nós estamos capacitando as famílias para que estimulem seus filhos, não desperdiçando esse potencial”, complementou o ministro.

O evento foi realizado na Casa da Ospa - Orquestra Sinfônica de Porto Alegre. O XIII Seminário da Primeira Infância faz parte da programação da Semana do Bebê, que visa mobilizar a sociedade quanto aos cuidados necessários na primeira infância - período compreendido até os seis anos de idade. A secretária executiva do Ministério da Cidadania, Ana Maria Pellini, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, entre outras autoridades, também participaram.

Para a secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann, o evento consolida uma política pública iniciada no Estado. “ Ao mesmo tempo, serve para estimular e reforçar conceitos como a importância de investir nos primeiros anos de vida para podermos ter adultos com o desenvolvimento humano esperado”, declarou. A secretária ainda falou sobre a pretensão de integrar os programas Primeira Infância Melhor (PIM), do governo do Rio Grande do Sul, e Criança Feliz, do governo federal.

PIM

A experiência do ministro Osmar Terra com o assunto vem desde que participou da criação do Primeira Infância Melhor (PIM), há 15 anos em atividade no Rio Grande do Sul. O programa gaúcho, segundo Terra, serviu de inspiração para a metodologia do Criança Feliz, que adota como principal estratégia visitas domiciliares às famílias mais vulneráveis com gestantes e crianças pequenas. As visitas são feitas por técnicos capacitados que oferecem orientações sobre como fortalecer os vínculos da família e da criança.

Wise Awards

A palestra em Porto Alegre (RS) é a primeira atividade de Osmar Terra desde que voltou de Doha, Catar, e trouxe para o Brasil o prêmio WISE Awards, promovido pela Cúpula Mundial de Inovação para a Educação. A premiação reconheceu o Criança Feliz como uma das iniciativas mais inovadoras do mundo para a educação. O programa brasileiro concorreu com mais de 480 projetos de diversos países.

Na capital gaúcha, ministro da Cidadania destaca Criança Feliz em evento sobre primeira infância (25/11/2019)

Criança Feliz

O programa do governo federal é coordenado pelo Ministério da Cidadania por meio da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social. Atende gestantes e crianças de até 3 anos do Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal, e de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). É nessa fase que o programa atua, capacitando as famílias para que estimulem de maneira adequada seus filhos. O Criança Feliz integra ações nas áreas da saúde, assistência social, educação, justiça, cultura e direitos humanos.

Semana do Bebê do RS

A Semana do Bebê é organizada pelo governo do Estado do RS, por meio da Secretaria da Saúde, e integra as pastas de Educação; Cultura; Desenvolvimento Econômico e Turismo; Esporte e Lazer; Trabalho e Assistência Social e Justiça, Cidadania e Direitos Humanos. Também é promovida pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) e pela Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa).

*Por Renata Garcia

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania
Informações para a imprensa:
(61) 2024-2266 / 2412
www.cidadania.gov.br/imprensa