Notícias

TRATAMENTO

Ministério da Cidadania defende ampliação de vagas em Comunidades Terapêuticas

publicado: 30/01/2020 20h39, última modificação: 12/02/2020 13h39
Secretário nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas, Quirino Cordeiro Júnior, participou de evento da CONFENACT em Guaratinguetá (SP)
WhatsApp_Image_2020-01-30_at_19.49.46_(1).jpeg

- Foto: Foto: Divulgação


O titular da Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas (Senapred) do Ministério da Cidadania, Quirino Cordeiro Júnior, defendeu a ampliação de vagas financiadas pelo governo federal para o tratamento de dependentes químicos. O secretário participou nesta quinta-feira (30) da reunião anual da Confederação Nacional de Comunidades Terapêuticas (CONFENACT), em Guaratinguetá (SP).

Quirino Cordeiro Júnior ressaltou o crescimento da oferta de vagas registrado já no ano passado e falou do plano de aumentar o financiamento federal em 2020. “Houve um aumento importante do financiamento do governo federal para vagas nestas entidades. No ano de 2018, o governo federal financiava 2,9 mil vagas que foram ampliadas para 11 mil vagas em 2019. Em 2020, estamos com edital aberto para que haja ampliação do financiamento passando para 20 mil vagas”, destacou.

Com a ampliação de vagas, o valor investido pelo governo federal saltará de cerca de R$ 150 milhões para quase R$ 300 milhões ao ano. Um esforço, garante o secretário, para melhorar também a qualidade do serviço. “O governo federal vem trabalhando com essa entidade não só para ampliação do número de vagas, para facilitar o acesso das pessoas que precisam de tratamento e acolhimento nestas entidades, mas também para melhorar a qualidade no atendimento e acolhimento dessas pessoas”, explicou.

Com as mudanças normativas nas políticas públicas sobre drogas no Brasil, em 2019, as Comunidades Terapêuticas ganharam um protagonismo ainda maior para o tratamento e a recuperação de pessoas com dependência química no país. O encontro no estado de São Paulo reúne todas as federações que compõe a CONFENACT e tem como objetivo discutir e planejar as ações no segmento das Comunidades Terapêuticas e as parcerias com o governo federal.

Saiba mais

A Senapred é responsável por ações de prevenção ao uso de drogas e atenção e reinserção social dos usuários. Suas principais funções são promover ações de educação e capacitação para reduzir o uso de drogas, realizar campanhas de prevenção, implantar a rede integrada para tratamento de pessoas com transtornos decorrentes do uso de drogas, manter as bases de dados sobre o tema, entre outras funções.

Atualmente, dentre as atividades da Secretaria, está a oferta de vagas gratuitas para tratamento de usuários de drogas em comunidades terapêuticas, o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), implementado em parceria com a polícia militar para advertir jovens sobre os riscos do uso de drogas, e parcerias com associações como os Alcoólicos Anônimos e a Pastoral da Sobriedade, entre outras.


Por Diego Queijo

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania

Informações para a imprensa:
(61) 2030-2649
www.cidadania.gov.br/imprensa