Notícias

Notícias

Levantamento mostra o impacto das drogas na violência doméstica

publicado: 11/06/2019 20h22, última modificação: 08/11/2019 09h56
Estudo apresentado em evento da Cidadania aponta que muitas crianças vítimas de agressões podem se tornar dependentes químicos na vida adulta

Brasília - As agressões na infância têm um grande impacto no uso de drogas na vida adulta, de acordo com o Levantamento Nacional de Álcool e Drogas (Lenad). Os dados de 2012, com a participação de mais de 4 mil entrevistados em 149 municípios, apontam que é necessário promover ações de conscientização voltadas para pais e crianças. As informações foram apresentadas pela professora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) Fátima Padim durante painel no Seminário Intersetorial de Prevenção, Conscientização e Combate às Drogas, nesta terça-feira (11), em Brasília.

Um dos principais dados da pesquisa mostra que 21,7% da população foram vítimas de, pelo menos, uma violência física na infância – desse volume, em 20% dos casos o abusador havia bebido. "Já vemos, cotidianamente, os males causados pelo álcool, mas a pesquisa demonstra o grande impacto e a relação direta na violência doméstica", disse Padim.

Além disso, 21% dos que sofreram violência na infância consumiram drogas na adolescência ou vida adulta. "Nas escolas, devemos integrar as famílias, procurando uma comunicação mais assertiva e investir na educação socioemocional para que possamos fortalecê-las e prevenir o uso de drogas", sugeriu Padim, que também assinalou a necessidade de fortalecer os conselhos tutelares.

Um dos idealizadores do Congresso Freemind, o maior da América Latina sobre os impactos das drogas, Paulo Martelli ressaltou a importância da prevenção e a integração entre a sociedade civil e os governos nas políticas públicas. "Devemos começar com a base, na prevenção. A dificuldade de combater as drogas é enorme. A nossa união fará com que consigamos reduzir o uso de drogas no Brasil. Não desistam, pois estamos salvando vidas."

Encontro - O Seminário Intersetorial de Prevenção, Conscientização e Combate às Drogas aborda temas como a Nova Política Nacional sobre Drogas, o papel da família no tratamento de dependentes químicos, a violência doméstica, e os programas de prevenção ao uso de drogas, entre outros.

O evento termina nesta terça-feira (11) e é realizado em parceria com os ministérios da Justiça e Segurança Pública, Defesa, Infraestrutura, Educação, Saúde e Mulher, Família e Direitos Humanos.

Leia mais notícias sobre o Seminário Intersetorial de Políticas Sobre Drogas

 

Levantamento mostra o impacto das drogas na violência doméstica

*Por André Luiz Gomes

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa