Notícias

NOTÍCIAS

Lelo Coimbra assume presidência da Comissão Intergestores Tripartite da Assistência Social

publicado: 17/04/2019 00h00, última modificação: 06/11/2019 11h59
Secretário Especial do Desenvolvimento Social debateu desafios e avanços com gestores municipais e estaduais durante reunião em Brasília

Brasília – O secretário especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, Lelo Coimbra, assumiu a presidência da Comissão Intergestores Tripartite (CIT) da Assistência Social. Nesta quarta-feira (17), ele discutiu com os novos integrantes da comissão a recomposição do orçamento para 2019 e a inclusão dos participantes do Benefício de Prestação Continuada (BPC) no Cadastro Único.

Na ocasião, o secretário ressaltou aos gestores a necessidade de manter o diálogo acima de divergências político-partidárias “Nosso papel aqui é buscar aquilo que é importante e considero que 98% dos temas são convergentes, nós temos responsabilidades compartilhadas. Então, essa aliança e esse diálogo são necessários e por eles vou trabalhar 100% do meu tempo.”

Para o secretário de Assistência Social e Cidadania de Belford Roxo (RJ), Diogo Bastos, as discussões deram mais segurança e esclarecimento aos gestores, em especial a temática do cofinanciamento. Ele apontou que o objetivo é continuar oferecendo um atendimento de qualidade à população que demanda o serviço socioassistencial. “É algo que preocupa muito os municípios, para que não tenham que fragmentar serviços, fechar equipamentos. Saímos hoje daqui mais fortalecidos”, pontuou.

Apesar dos desafios, a secretária de Trabalho, Assistência Social e Cidadania do Mato Grosso, Rosamaria Carvalho, afirmou que os debates buscaram solucionar anseios e problemas levados pelos gestores. “Estamos avançando. Acredito muito que quando se tem vontade as coisas são possíveis. Espero que nesse diálogo a questão político-partidária não se sobreponha”, enfatizou.

Compromisso - A Comissão Intergestores Tripartite (CIT) é um espaço de articulação entre os gestores (federal, estaduais e municipais), a fim de viabilizar a Política de Assistência Social, caracterizando-se como instância de negociação e pactuação quanto aos aspectos operacionais da gestão do Sistema Descentralizado e Participativo da Assistência Social. A CIT e a Comissão Intergestores Bipartite (CIB) têm caráter deliberativo no âmbito operacional na gestão da política.

A CIT é constituída pelas três instâncias gestoras do sistema: a União, representada pela então Secretaria Nacional de Assistência Social (SNAS), os Estados, representados pelo Fonseas, e os municípios, representados pelo Congemas.

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505 / 9.9229-6773
www.mds.gov.br/area-de-imprensa