Notícias

PRIMEIRA INFÂNCIA

Governo federal planeja expandir Programa Criança Feliz no Espírito Santo

publicado: 21/11/2019 00h00, última modificação: 11/12/2019 17h09
Dos 78 municípios do Estado, 24 já aderiram ao maior programa de visitação domiciliar do mundo
27ef71da-1218-4b34-8ed4-d2c7ad2b6277.jpeg

- Foto: Mauro Vieira

Para incentivar a adesão de municípios do Espírito Santo ao programa Criança Feliz, o Ministério da Cidadania participou do Workshop pela Primeira Infância, realizado em Nova Almeida, na região metropolitana da capital capixaba. O evento, que começou na quarta-feira e segue até a próxima sexta, reúne especialistas, gestores e profissionais da assistência social para discutir políticas públicas voltadas a gestantes e crianças de 0 a 3 anos.

Dos 78 municípios do estado, 24 aderiram ao Criança Feliz, coordenado pela pasta da Cidadania. A representante do Ministério, Cícera Pinheiro, destaca a importância de eventos como esse no incentivo à participação de mais prefeituras no programa, focado na promoção do desenvolvimento infantil a partir do atendimento domiciliar. “O Brasil inteiro está trabalhando a primeira infância, e o Ministério da Cidadania vem trabalhando com estados e municípios para fortalecer essas ações. Agora queremos convidar ainda mais municípios capixabas para participar do Criança Feliz, e ajudar a melhorar a vida de ainda mais gente”, comentou.

Com cerca de 20 mil habitantes, o município de Montanha, na região norte do Espírito Santo, foi um dos primeiros do estado a aderir ao Criança Feliz. Segundo o gestor da Secretaria de Assistência Social da cidade, Odair Celin, o programa é uma ferramenta de transformação da realidade de famílias socialmente vulneráveis. “Esse programa tem uma capacidade incrível de transformação da realidade, principalmente de famílias mais vulneráveis. É possível, mesmo em pouco tempo, observar os impactos positivos que ele causa causando nas nossas famílias”, explicou.

O secretário de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social do Espírito Santo, Bruno Lamas, frisou a relevância das políticas voltadas à primeira infância: “A família é a base da sociedade, é importante que o poder público intervenha com programas como o Criança Feliz”.

Sobre o programa

O Criança Feliz é o maior programa de desenvolvimento infantil do mundo e já atendeu cerca de 817,5 mil crianças e gestantes em todo o Brasil. Para levar o atendimento domiciliar para mais famílias, o governo federal prevê a ampliação do programa para mais 1.500 municípios. Atualmente, o Criança feliz está presente em cerca de 2.700 cidades brasileiras.

Para incentivar novas adesões, o Ministério da Cidadania está lançando a campanha "Quanto mais cuidado, mais futuro", que contará com peças para TV, rádio e internet, carro de som, mídia exterior e projetos especiais.

Governo federal planeja expandir Programa Criança Feliz no ES (20/11/2019)

Por Henrique Jasper

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania

Informações para a imprensa:
(61) 2030-2266 / 2412
www.cidadania.gov.br/imprensa