Notícias

COMBATE À CRIMINALIDADE

Governo Federal inicia construção de plano de segurança para segunda fase do Em Frente, Brasil em Ananindeua (PA)

publicado: 21/01/2020 21h42, última modificação: 30/01/2020 12h06
Encontro nesta terça-feira (21), em Belém, contou com a presença da secretária-executiva do Ministério da Cidadania, Ana Maria Pellini
AN_5440-01.jpeg

A secretária-executiva, Ana Pellini (centro), apresentou as próximas ações do projeto-piloto - Foto: Ronaldo Caldas

O Pará ingressou em uma nova fase do programa Em Frente, Brasil. Um encontro nesta terça-feira (21), em Belém, com a presença da secretária-executiva do Ministério da Cidadania, Ana Maria Pellini, marcou a apresentação para secretários e representantes do governo estadual das próximas ações do projeto-piloto que tem sido colocado em prática na cidade de Ananindeua. Baseados em diagnóstico e nos índices de criminalidade, a primeira etapa, que fortalece a ação policial, já foi implementada. Agora, com investimentos nas áreas de educação, saúde, habitação, emprego, cultura, esporte e de assistência social começará a segunda etapa do programa, que atua na prevenção à criminalidade, explicou a secretária-executiva. “Esta é a área de atuação do Ministério da Cidadania. Com essas ações, conseguiremos elevar a qualidade de vida da população em geral, através da diminuição da criminalidade”, pontuou.

Segundo Ana Maria Pellini, o engajamento de todos os poderes e da sociedade civil será decisivo para que o programa atinja seu objetivo. “Todas as autoridades presentes se manifestaram engajadas. Para que todos juntos busquem a solução, cada um através da sua parte, da sua atribuição, poderemos colaborar para a construção dessa sociedade que todos estamos esperando”, ressaltou.

Para o secretário de Articulação do estado do Pará, Ricardo Balestreri, o trabalho integrado é fundamental para o combate à violência. “O que funciona no mundo inteiro na redução de violência e criminalidade pressupõe duas questões: a união da instância federal, com a estadual e municipal; e, em segundo lugar, funciona tudo aquilo que é feito com intersetorialidade.  É a união de todos os segmentos trabalhando para reduzir os altos índices de violência e crime no Brasil. Isso que dará e está dando efeito positivo no sentido da redução desses índices”, disse.

O prefeito de Ananindeua, Manoel Pioneiro, se diz confiante com o futuro do projeto. “Juntamos toda a guarda municipal, estado e governo federal e demos as mãos. São dias melhores para uma população que sonha com a sua segurança”, comemorou.


Em Frente, Brasil


O programa tem como foco inibir crimes violentos, como homicídios, feminicídios, estupros, latrocínios e roubos, por exemplo. Ele propõe uma nova estrutura para as políticas públicas de Estado direcionadas ao combate da criminalidade. Com foco nos territórios, a iniciativa funciona a partir da implementação de soluções customizadas às realidades regionais. O projeto-piloto conta com ações em outras quatro cidades brasileiras: São José dos Pinhais (PR) Cariacica (ES), Goiânia (GO) e Paulista (PE).

 

Governo Federal inicia segunda fase do programa Em Frente Brasil. (21/01/2020)

*Por Henrique Jasper
 


Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania

Informações para a imprensa:
(61) 2030-2266 / 2412
www.cidadania.gov.br/imprens