Notícias

POLÍTICAS PÚBLICAS

Estação Cidadania chega a Itapetininga (SP) e ministro celebra inauguração de espaço para crianças e jovens da região

publicado: 28/11/2019 16h00, última modificação: 13/12/2019 15h53
Governo federal investiu R$ 3,9 milhões na unidade; comunidade participou da inauguração
d2ca0e54-ef21-47fc-be71-c3931c1671b8.jpeg

- Foto: Rafael Zart/Ministério da Cidadania

Itapetininga/SP - Lazer, atendimento socioassistencial, práticas esportivas, além de qualificação profissional para a comunidade reunidos em um só lugar. O ministro da Cidadania, Osmar Terra, inaugurou nesta quinta-feira (28) a Estação Cidadania de Itapetininga (SP). A estrutura dispõe de ginásio poliesportivo e arquibancada para até 181 lugares, com área de apoio para administração, sala de professores, vestiários, chuveiros, enfermaria, copa, depósito, academia e banheiros públicos, além de estruturas de atletismo. O investimento do governo federal foi de R$ 3,9 milhões. A Estação Cidadania de Itapetininga fica na Área de Lazer Fausto Ramalho Tavares, na Vila Rio Branco.

Na solenidade de inauguração, a criançada já aproveitou o espaço para correr na pista de atletismo, brincar no gramado, jogar futsal e praticar ginástica rítmica. Mãe do Ramon, de 10 anos, a auxiliar administrativa Juliana Machado, 32 anos, está entusiasmada com um espaço destinado a atividades para crianças e jovens, acessível para as famílias. “Era um espaço que estava sem uso há alguns anos. Eu acho muito interessante, porque tem criança sem condições de pagar jogar em algum time”, avaliou.

Moradora da região, Karina Andrade, 32 anos, também comemorou. Ela poderá trazer o filho Victor, de 6 anos, para brincar e interagir com outras crianças. “É muito importante para a população porque eles acabam tirando as crianças da rua, dão oportunidade para esporte, lazer e cultura, incentiva eles até a ter uma profissão dentro da comunidade mesmo”, destacou.

De olho no futuro

Na solenidade de inauguração da Estação Cidadania, o ministro Osmar Terra ressaltou a importância do investimento no desenvolvimento dos jovens. Segundo Terra, a criança ou adolescente que tem um lugar para praticar atividades no contraturno escolar tem menos chances de envolvimento com drogas e criminalidade. “A Estação Cidadania dentro da periferia é para atender as famílias mais necessitadas. Nós queremos que os jovens pobres tenham a oportunidade de acessar todas as atividades esportivas, culturais, além da escola, para que possam ser cidadãos melhores e ter um bom desempenho na vida”, ressaltou o ministro da Cidadania.

A unidade de Itapetininga tem 450 metros quadrados e pode oferecer até 13 modalidades olímpicas: atletismo, basquete, boxe, handebol, judô, lutas, taekwondo, vôlei, esgrima, ginástica rítmica, badminton, levantamento de peso e tênis de mesa); 6 paralímpicas (esgrima em cadeira de rodas, judô, halterofilismo, tênis de mesa, vôlei sentado e goalball) e 1 não-olímpica (futsal).

Desde maio, já foram inauguradas 14 unidades em todo país: Araçatuba (SP), Arujá (SP), Brumadinho (MG), Canoas (RS), Canindé (CE), Floriano (PI), Ponta Grossa (PR), Cariacica (ES), Porto Alegre (RS), Tanguá (RJ), São Vicente (SP), Teresina (PI), São José dos Pinhais (PR) e São Mateus (ES).

Entregas

Para a prefeita de Itapetininga, Simone Marquetto, o dia foi de dar respostas à comunidade. Também foi inaugurada uma quadra de esportes, localizada no Jardim Bela Vista, a poucos quilômetros da Estação Cidadania. A quadra poliesportiva recebeu investimento de R$ 292,5 mil do governo federal. Além disso, a prefeita apresentou ao ministro Osmar Terra a Estação Primeira Infância, situada na Praça do Amor.

Segundo ela, a inspiração para desenvolver o projeto veio após participar do Seminário Internacional da Primeira Infância - O Melhor Investimento para Desenvolver uma Nação (link: http://mds.gov.br/area-de-imprensa/noticias/2019/marco/seminario-reune-especialistas-nacionais-e-internacionais-em-primeira-infancia), promovido em março pelo Ministério da Cidadania.

A Estação Primeira Infância conta com quatro espaços destinados exclusivamente para as crianças e jovens: Estação Cultura, Estação Jogos, Estação Leitura e Estação Diversão. “Aprendemos muito com os seminários que o ministro Osmar Terra passa para a gente. Nós colocamos em prática a Estação Primeira Infância. São duas praças centrais, uma “minicidade”, onde falamos sobre muitos temas com as crianças, como mobilidade urbana, para poder levar Cidadania a elas”, relatou Simone.

Estação Cidadania chega a Itapetininga/SP (28/11/2019)

Comitiva

Também participaram do evento o vice-prefeito do município, Coronel Pintor, os deputados federais Baleia Rossi e Herculano Passos, entre outras autoridades. Ainda nesta quinta-feira, o ministro cumpriu agenda em Itu, cerca de 100 quilômetros de Itapetininga.

Por Renata Garcia

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania
Informações para a imprensa:
(61) 2030-2266 / 2412
www.cidadania.gov.br/imprensa