Notícias

PRIMEIRA INFÂNCIA

Desafios e perspectivas marcam encontro que reuniu coordenadores e multiplicadores do Criança Feliz em Brasília

publicado: 11/12/2019 13h00, última modificação: 17/12/2019 15h23
Reunião avaliou os resultados e avanços do Programa, abordando desafios da gestão e perspectivas para 2020
95386369-a12e-41c0-aca0-7a60f5246760.jpeg

- Foto: Ronaldo Caldas

Brasília/DF - Coordenadores e multiplicadores estaduais do Programa Criança Feliz, do governo federal, estiveram reunidos nos últimos dois dias, em Brasília. A intenção do encontro nacional foi dividir os resultados do trabalho realizado ao longo deste ano e também debater sobre as perspectivas para 2020. A programação termina nesta quinta-feira (12), com a presença do Ministro da Cidadania, Osmar Terra.

O estado do Piauí, por exemplo, começa o planejamento para o próximo ano já na semana que vem. A coordenadora estadual do programa, Rosângela Sousa, volta com a expectativa de aprimorar o serviço oferecido às famílias. “A gente volta extremamente satisfeito, revigorado. E o melhor é que como estamos no final do ano, tivemos momentos para avaliar a caminhada e momentos para repensar, por estado, os principais problemas, quais a as soluções e os objetivos”, disse.

O encontro na capital federal marca o fim de uma série de reuniões regionais ocorridas em 2019. Para a secretária nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano do Ministério da Cidadania, Ely Harasawa, é essencial fortalecer o apoio a todas as regiões. “Esses encontros periódicos com os coordenadores são fundamentais porque eles são os nossos principais parceiros nos estados que são responsáveis pela gestão e pelo apoio técnico aos municípios”, esclareceu. Estreitar o diálogo também é importante, segundo a secretária, para garantir que ampliação das metas do Criança Feliz alcance bons resultados. Até o fim do ano que vem, o Programa pretende chegar a 2 milhões de crianças e gestantes acompanhadas.

Além da equipe da Secretaria Nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano do Ministério da Cidadania, participaram do encontro coordenadores estaduais, multiplicadores, consultores da Unesco e convidados.

Saiba mais
Coordenado pelo Ministério da Cidadania por meio da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social, o Criança Feliz promove o desenvolvimento adequado na primeira infância, integrando ações nas áreas de saúde, assistência social, educação, justiça, cultura e direitos humanos.

Até o momento, o programa está presente em 2.787 municípios brasileiros e já atendeu mais de 859,7 mil crianças e gestantes. No total, mais de 24,4 milhões de visitas domiciliares foram realizadas por cerca de 24,6 mil profissionais capacitados. Os visitadores, como são chamados, orientam sobre o desenvolvimento das crianças de até 3 anos inseridas no Cadastro Único para programas sociais do governo federal e de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Por Diego Queijo

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania

Informações para a imprensa:
(61) 2024-2266 / 2412
www.cidadania.gov.br/imprensa