Notícias

Notícias

Beltrame apresenta Criança Feliz em seminário sobre desenvolvimento infantil

publicado: 03/12/2018 18h06, última modificação: 04/11/2019 15h11
Programa sobre primeira infância foi tema de palestra no evento da revista Pais&Filhos

São Paulo (SP) – O programa Criança Feliz vem mostrando que pequenos cuidados na primeira infância ajudam a reduzir desigualdades sociais e geram muito mais oportunidades no futuro. Em dois anos, a iniciativa já contabiliza cerca de 9 milhões de visitas domiciliares, em que os pais são orientados sobre a melhor forma de incentivar o desenvolvimento dos filhos. Ações como brincar e ler para uma criança são fundamentais para que ela se torne um adulto mais preparado. Esse foi o tema apresentado pelo ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, a mães e especialistas em desenvolvimento infantil no 6° Seminário Internacional da revista Pais&Filhos, no Unibes Cultural, em São Paulo, nesta segunda-feira (3).

Médico e com especialização em Pediatria, Beltrame destacou que o afeto entre a mãe e o filho, em especial na primeira infância, é importante para o desenvolvimento neuro e psicomotor, além da criança chegar na idade escolar com maior capacidade de aprendizado. “A interação entre mãe e bebê começa na gestação e tem reflexos para toda a vida. A primeira infância é o período em que todas as conexões se formam e que servirão como base para o seu futuro”, ressaltou.

Ainda de acordo com o ministro, o cuidado com a primeira infância é essencial para mudar o rumo da vida dessas crianças, sobretudo daquelas mais vulneráveis. “É uma forma de promover desenvolvimento social da criança. No médio prazo, teremos uma sociedade melhor, mais justa e com igualdade de oportunidade para todos, auxiliando para que essas crianças possam sair da pobreza e resgatar a si e às suas próprias famílias de uma situação de vulnerabilidade”, afirmou.

Desenvolvimento – O tema da sexta edição do evento foi “Maternidade muda tudo (ainda bem!)”. Para o presidente da editora Pais&Filhos, Marcos Dvoskin, mostrar as iniciativas do governo federal voltadas para a primeira infância também é um dever da revista. “O tema abordado pelo ministro sobre o Criança Feliz é muito importante para que nosso público saiba o está sendo feito e pensado para o desenvolvimento da criança no Brasil.”

Saiba mais:
Coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), o Criança Feliz está presente em 2.432 municípios. Mais de 422 mil pessoas, entre crianças e gestantes, são acompanhadas semanalmente. Cerca de 9 milhões de visitas foram realizadas até o momento. O público-alvo são gestantes e crianças de até três anos beneficiárias do Bolsa Família e de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), além daquelas que estão afastadas do convívio familiar por medidas protetivas.

*Por Carolina Graziadei

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa